PRIMATAS, SÍMIOS E OUTROS BICHOS!

Que o homem tem na base de sua pirâmide evolutiva o macaco, isso nós já sabemos... e não é de hoje!

O que não sabemos é: apesar de compartilharem a mesma categoria na classificação evolutiva (sim, o homem também é considerado primata e símio), como e quando foi que se perdeu o 'elo perdido'? E por que?

Que 'elo perdido'??? Não tão enntenndenndo??? Eu explico...

Ontem, ao passar em frente a uma locadora, eu vi o cartaz de lançamendo em DVD do filme KING KONG. Isso me fez lembrar de um acontecido muito interessante.

No dedeiafter ao dia em que assisti ao remake no cinema, euzinha aqui recebo de meu amigo antenado (
Maxiiiiii!) uma artigo do Globo On-Line, com a seguinte chamada:



Isso mesmo. O artigo de Bianca Kleinpaul abordava a paixão que KONG despertou no mulherio! Acreditem se quiserem!

Corajoso? Protetor? Apaixonado? E ainda por cima sensível? [lembram da cena do pôr-do-sol?] KONG agrada às mulheres de uma forma ou de outra. Isso por que nós estamos cansadas [sim, eu tbm estou!] do homem sem decisão... sem iniciativa... que confunde a igualdade e a parceria com a troca irreversível de papéis. 

Me diverti com o artigo pois, indo para casa depois de vermos o filme, minha cabeça divagou exatamente por este rumo, vocês acreditam?!?

Pois então... precisamos de mais KONGs por aí, sabia?!

É só você comparar a atitude do KONG com a atitude do Jack Dryscholl [o pseudo-mocinho da trama, interpretado por Adrian Brody]. 

JACK ficou a pesar e sopesar sobre como se declarar para a mocinha, para no final das contas fazer o quê? O quê? Usar do artifício de escrever uma peça para ela, com suas intenções nas entrelinhas do roteiro!! P-lease!!! Isso deveria ser um fim! Uma homenagem! E não um meio! 

E quando ANN pergunta a JACK:
- "Por que vc escreveria uma peça pra mim?" Ele não sabe dizer 'exatamente' porque e responde com uma outra pergunta preambulante qualquer! 

P-E-L-A-M-O-R-DE-DEUS!!!! Me poupe!

E para completar ainda me deixa a bela escapar pelos dedos! E só resolve procurá-la [lógico!] quando está prestes a perdê-la. Quando ele descobre que KONG, não esqueceu sua amada de jeito nenhum! Quando ele vê que KONG, mesmo dopado... mesmo sendo perseguido... vai atrás de seu objeto de desejo sem pestanejar! 

Pois é... Nosso KONG sabe o que quer e o que tem que fazer! Para o KONG não há dúvidas! Desde que deitou os olhos sobre a loira, KONG ficou fascinado, decidiu que a queria, e deixou isso bem claro desde o início! Foi atrás... pegou-a pra si... e a defendeu, literalmente, com unhas e dentes!!! 

Né por nada não... mas isso é que é 'homo'! Mesmo não sendo 'sapiens'!

E sinceramente?! Prefiro um "KONG" a trocentos "JACKs". Rsrsrs...

Meninos! Assistam ao filme e... aprendam!
.

5 Pitacos:

júnia disse...

Rubeolina,
I couldn't agree more.
XXX, Júnia.

lovely gabi disse...

Sora,
Adorei!!!
haahahahaha...

max disse...

meda, muita meda!
E todo o meu treinamento para me tornar um cara sensível???

Rubeolina E. F. disse...

Maxivanildo...
Há que ser SENSÍVEL na medida certa... e KONG na medida certa...
Até mesmo pq, o KONG tbm tinha seu lado sensível! Lembra??

nanix disse...

Eba!!!! mais um blog no universo cibernético. Tudo bem que você já tem o blog a algum tempo, mas vê se continua blogando mais, porque faz uma diferença enorme. Prefiro o Kong também.

Besos bloguianos,

Nanix