FILME DA VEZ - TRANSFORMERS

Acabei de voltar do cinema, onde fui ver TRANSFORMERS com uns amigos. Não sei se vcs vão pegar o espírito dos comentários que vou fazer sobre este filme, então, vou logo deixar bem claro que eu me amarrei no filme, tá? Mas como boa tomboy que fui em minha infância... meu 'lance' rolou mesmo foi com os carros e com os robôs!

Eu explico... Realmente o filme tem a marca registrada de Michael Bay (lembram de Bad Boys 2?), com toda aquela ação vertiginosa e efeitos especiais que te deixam meio zonzo. Impecáveis! Mas eu tenho que confessar... a ação e os efeitos realmente tomam conta de tudo de um jeito que por muuuito pouco não te deixam ver que o resto, cá entre nós, é meio fraquinho.

A começar, por exemplo, pelas atuações. Tirando Shia LeBeouf (o Sam), que realmente vestiu a pele do adolescente totalmente desnorteado pelos acontecimentos surpreendentes que caíran na 'cabeça' da sua 'sooo boooring' vida, não temos aqui muitas surpresas. É uma sucessão de desempenhos nada convincentes: John Voight (o secretário), perdidinho, perdidinho... John Torturo (o agente do Setor 7), uma fraca caricatura de si mesmo... Josh Duhamel (o 'totozinho' do seriado Las Vegas), ainda que lindão (gente, temos que reconhecer!), não mostra muito a que veio... E Megan Fox (a Mikaela) numa representação de nifeta problemática de R$1,99.

Mas nem os culpo tanto assim... os roteiristas, apesar de terem sido relativamente fieis à história do desenho animado, não conseguiram construir personagens humanos tão sólidos (não resisti ao trocadilho!) quanto nossos robôs.

A essa altura vc deve estar confuso, né? Se perguntando: Ué? Ela gostou ou não gostou do filme, caramba?!? Gostei gente! Veria até de novo! Juro! Mas só para curtir 'meus' robôs, ouvir novamente a trilha sonora (Amei! Linkin Park nas 'letrinhas' foi D+!) e me deliciar com o 'colírio' do Josh!

Sabe o que mais? Acho que se editássemos todas as cenas de ação dos robôs, de forma que a coisa toda rolasse como um big-mega-ultra videoclip, o filme ficaria perfeito! Rsrs...

Se eu recomendo? Claro!! Não tô brincando não! Vá ver sim! Principalmente se vc assistia ao desenho e é um nostálgico incurável, como eu... se vc adora carros e tudo que tem a haver com maquininhas, como eu... se vc gosta de um rock, como eu... e se vc quiser apenas curtir um cine mais light - descompromissado com atuações e conteúdo -, como eu queria hj! Pode até me chamar para ir junto que eu vou! Rsrs...

Bjs transformados, dessa sua cine-olheira aqui...
.

2 Pitacos:

Bia disse...

Também adorei. É o melhor filme de ação do ano!

Manú disse...

Sora, concordo com você em gênero, número e grau!!!
Só acrescento uma coisinha: os atores que interpretam os pais do Sam são um capítulo à parte - engraçadíssimos!!!
Bjooo