MEU 'ÍDALO'

Nem sei bem como começar este post... Como diz "O Rei": são tantas emoções!

Bom... que eu sou fã dele (não do Rei!) todo mundo que me conhece um cadim sabe. É público e notório.

Gosto de assistir à transmissão dos prêmios da Academia com seus comentários, pois são inteligentes, pertinentes e ele tem a incrível memória para fatos cinematográficos que eu gostaria de ter.

Meu nome (o da Rubeolina, não o da Sora) é uma homenagem explícita a ele. Não que eu me ache uma "crítica" de cinema. Anos luz longe de ter essa pretenção! Eu apenas combino duas de minhas paixões (escrever e cinema) ao comentar aqui os filmes que vejo. Mas que ele é um exemplo para mim, ah... isso é.

Pois então... ontem Rubens Ewald Filho estava na Fnac de Brasília autografando seus dois livros mais recentes: o "Guia de DVD 2007" e o saboroso "O Cinema Vai à Mesa" (escrito em parceria com Nilu Lebert).

Pense então... na minha alegria ao ter a chance de estar lá ontem, e acompanhada de minha cine-parceira (thanks Nani!)!



Além de autografar seus livros, ele conduziu também um bate-papo descontraído e agradável. Respondendo a todos com a simpatia, a inteligência e a perspicácia que lhe são peculiares, conversamos sobre tudo um pouco...

Sobre como o cinema brasileiro ainda depende muito da lei do incentivo fiscal. Talvez, segundo Rubens, pelo fato de ainda ser mais show (arte) que business.

Sobre como surgiu a deliciosa idéia de juntar o cinema e a gastronomia, com um enfoque despretencioso, positivo e prazeroso.

Sobre o "maremoto" da tecnologia digital - que está por abalar radicalmente a estrutura do cinema -, visto por ele como um novo divisor de águas para a sétima arte.

Sobre como é ser "crítico" de cinema. Tendo que ser imparcial, respeitando a arte (em todos os seus aspectos), respeitando a si e respeitando o que faz ao ponto de, inclusive, reconhecer eventualmente que errou (Sim, segundo ele um crítico pode errar!).

Sobre a delicada relação TV-CINEMA.

Sobre o cinema americano... o cinema italiano... o cinema coreano (um de seus prediletos atualmente)...

Enfim... sobre um tanto de coisas interessantes! E não só para quem curte cinema, como também para quem simplesmente curte uma boa conversa!

Ai... nem tenho como contar tudo para vcs aqui.

A coisa foi tão-tão que até eu... que tenho certa aversão à tietagem, tive meu momento "fã de carteirinha" ontem! É... verdade! Contido, claro! Mas rolou um rápido papo one-on-one (qdo lhe contei sobre meu nome 'Rube' e ele riu deliciosamente), rolou fota (auto-foto!) e rolou autógrafo fofo no meu exemplar de "O Cinema Vai à Mesa", sobre o qual falo em detalhes depois!!!



Ah, gentem!!! O que eu posso dizer? Apenas que foi lindo! Muito lindo!! Né Nani?
.

3 Pitacos:

Nanix disse...

Eu estava lá e é tudo verdade: simpatia pura, que me surpreendeu. Tietagem pura, da melhor qualidade e que bom que foi com você. Melhor que isso, será um dia quem sabe, conhecer São Francisco e lá nínguem segura a gente.

Besos da sua cine companheira,
Nani

Sora Soralina disse...

Apois... tinha que ter acontecido como aconteceu, né?!
Com nós duas lá... juntinhas!
Afff!
Agora... Nós em SF?!?!?!?!
Se Deus quiser, amiga!!!
E olha... Minina, aquela cidade nunca mais será a mesma!!!
Nunca!
Rsrsrs...

Bia disse...

Uau, poderosas, hein? Muito legal!