NOQUE-NOQUE

Sempre que a gente pode - e lembra! -, no dia 29 tentamos manter a tradição de ir lá comer as bolinhas junto com São Pantaleão.

Neste mês, quem lembrou da data foi a Filósofa-Irmã.

E lá fomos nós comer a sequência de noque lá no Panelinha.

Conhecemos o Panelinha logo que a Irmã voltou para Brasília. Gostamos do que comemos da primeira vez, e também da proposta: tudo vem numa 'panelinha' individual e o cardápio consiste principalmente de mexidinhos e risotos, acompanhado de um buffet de antepasto ou de saladas.

Tudo muito bom, tudo muito bem. Como disse... reserva feita, crianças debaixo do braço, lá fomos nós!

Tudo estava orquestrado, segundo o folheto virtual, para começar às 20h. Beleza. Chegamos perto do 'marco zero' e começamos a nos deliciar com o buffet de antepastos: guacamole picante, pesto de algo diferente que não me lembro (não era verde), sardenha (assim identificado, mas eu acho que eles queriam dizer 'sardela'), molho de queijo azul com mel. Tudo muito delicioso, e acompanhado de focaccias da casa com ervas e pães diversos.

No início nos deliciamos, mas daí a brincadeira começou a perder a graça pois o serviço estava meio devagar e nada do nhoque chegar. Enfim, o dito nhoque apareceu lá perto das 21h. O programado era pagarmos um preço único pela sequência de 3 porções de nhoque: molho ao sugo, molho de cogumelos e molho bolonhesa. Mas não sei não... Acho que enganaram a gente! rsrs... As poções de nhoque eram mínimas! A minha primeira porção por exemplo - com a qual deveria fazer o ritual comendo 7 bolinhas, uma a uma - por pouco não inviabilizou minha simpatia com São Pantaleão por falta de nhoques! Apesar da massa estar como manda o figurino (mais batata que farinha), os molhos estavam ralos e salgados. O molho de champions por exemplo, era mais um caldo de cogumelos que qualquer outra coisa.

Resumindo a opereta... acho que na verdade nós pagamos mesmo foi pelo buffet de antepastos, que foi a melhor parte da noite. É people, a Pollyanna que vive em mim se manifesta!

De qualquer forma, a noite valeu, porque a gente se juntou, e riu, e conversou por demais.

Até mês que vem tchurminha!


4 Pitacos:

Lúcia Helena disse...

Olá, aqui estou eu.
Certo dia fui no aniversário da filha da vizinha, cujo padrasto está morando em Londres... e aí como um antepasto que adorei e o rapaz me ensinou fazer e o nome era esse (sardela).

Asse ou passe no fogo os pimentões vermelhos e verdes para soltar a casca. Bata no liquidificador com um peixinho enlatado (não é sardinha, nem atum, nem aquele salgado que só. Será que é o anchova?) e fez tb os pimentões com presunto. Ficou uma delícia p/comer com torrada. Nunca fiz e nem sei se deu a receita certa pois estava bêbado que só, porém estava muito gostoso. Bjs.

Sora Soralina disse...

Acho que é anchova, CeLena.
Mas pode ser feito com sardinha tbm.
Com atum eu acho sem graça demais.
Este do panelinha tinha gostinho de sardinha e tava muito bom!

Meu nome é Nanix disse...

- Noque-noque!
- Who´s there?
- Nhoque!
- Nhoque who?
- Nhoqueeuacheinapanelinha!

Admito que é meio sem graça, mas eu não poderia deixar passar essa.

Beijos, Nani.

PS: Adorei tudo e principalmente a companhia da família Filósofa.

Sora Soralina disse...

kakakaka...
Nani, vc é D+!
Tbm adoramos a cia de vocês.
Vamos repetir a experiência em outro lugar?!
Bjs...