MOLHO DE FUNGHI PORCINI

A semana foi uma correria só! Melhor da gripe - e da sinusite que veio a reboque - só hj consegui parar rapidinho para rabiscar algumas linhas.

E volto à cena para dar a receitinha que prometi, da massa que amore fez para nós no fatídico findi febril.

Por falar nele, abro um parêntese aqui para deixar meu beijo, meu abraço apertado, e meu carinho, pois hj é Níver de meu amigo amado.

Buon Compleanno, caro mio!!!!

Bom, voltando à receita... este é um molho de funghi porccini (cogumelos secos) que me ganhou de cara porque ele é fácil de fazer, vai pouco funghi e é totalmente diferente daqueles que normalmente vemos por aí: este não leva nem cremes, nem leite, nem queijos (e minha gripe agradeceu!). Ele casou com perfeição com um penne, mas vc pode escolher um fusilli, um linguini, um farfalle ou outra massa de sua preferência.

Para fazer este molhinho, 'facículo-facículo', vc vai precisar de:
1 ½ xic de funghi porcini secos, hidratados (reserve a água) e picados
½ kg de tomates maduros, firmes, sem pele, sem sementes e picados
1 clh sp de azeite
1 clh sp de manteiga
100 g de pancetta (tipo um 'bacon' com mais carne que gordura, sem pele) picada em cubos médio
1 cebola média picada
4 clh sp de cebolinha verde picada
300 g de queijo parmiggiano reggiano (parmesão) ralado na hora
sal e pimenta-do-reino moída na hora, a gosto.

Aqueça o óleo e a manteiga e frite a pancetta até dourar (não torrar!). Junte a cebola e refogue, mexendo de vez em quando, até ficar transparente e macia. Junte os tomates, o funghi com a água reservada, o sal e a pimenta-do-reino. Cozinhe, mexendo de vez em quando, por 20 minutos, ou até o molho encorpar. Nos últimos 5 minutos, misture a cebolinha verde, acerte o sal e retire do fogo. Cozinhe a massa al dente. Retire do fogo, escorra a água e distribua a massa nos pratos. Polvilhe com um poço de queijo ralado, cubra com o molho e sirva em seguida. Não esqueça de deixar o resto do queijo e alguns paezinhos ali, bem à mão. Dá conta de quase 500 gr de massa e serve bem 3 pessoas.

Este molho é leve, mas com personalidade, o que, para mim, pede um vinho refrescante... sugiro um frisante branco ou até mesmo um rosé leve.

Ah... no dia D, nós fomos de limoncello (licor italiano) geladinho, no lugar do cafezinho e da sobremesa. Perfeito para encerrar com chave de ouro, sem pesar demais.

Amore... tante grazie!

4 Pitacos:

Bia disse...

Hum, parece uma dilicia!! Adorei não ter creme de leite!
Beijos

Sora Soralina disse...

Uma diliça messs, Bia.
E eu gostei exatamente disso tbm!
Experimenta aí, vai?
Bjs...

Gastão Pedreira disse...

300 gr. de Parmiggiano Reggiano ?
isso sai um pouco caro,não? e
uma xicara de 1/2 de Porcini,não vai ficar muito forte ??
Descupe por me intrometer,mas sou louco por ambos ingredientes.
Um Abraço !!!

Sora Soralina disse...

Gastão, quanto ao porcini não fica forte não, até pq ele tem mesno gordura que o bacon em si. Se a culpa apertar demais, retire a gordura que ele soltar depois de fritar.

Já a quantidade de queijo é para usar na receita, mas tbm, como disse, para servir à parte, de forma que cada um possa colocar o quanto quiser em seu prato... vai por mim, é uma quantidade boa, mas se a turma for mineira (como a minha) 300 gr pode ser até pouco!
;-)